Hospital no clima do Novembro Azul

O rosa deu lugar e chegou a vez de falarmos sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. O setor de oncologia do Hospital Santa Helena, mais uma vez se preparou para a chegada do Novembro Azul e além da decoração com balões e cartazes, serão realizados, durante todo o mês, sorteios de brindes diversos entre os pacientes que estão em tratamento contra o câncer.

Para o oncologista Adriano Texeira, o setor de oncologia do Hospital Santa Helena tem se desenvolvido e muitos pacientes que buscavam o tratamento em cidades vizinhas já não precisam viajar para receber o tratamento adequado e, por isso, o apoio ao novembro azul se tornou oportuno e necessário.

“Dentre outros casos, estamos atendendo, atualmente, alguns pacientes que estão justamente com neoplasia de próstata e portanto, esta campanha não poderia passar em branco”, informou o médico. Ao ser questionado sobre a influência da ação na vida dos pacientes, o oncologista responde:

“Após receber o diagnóstico da doença, o psicológico do paciente fica extremamente abalado. Toda essa ludicidade que criamos aqui no ambiente serve para estreitar os laços entre a equipe de assistência, pacientes  e familiares. Isto aumenta a autoestima do paciente favorece muito positivamente na resposta ao tratamento”, considera o oncologista.

A campanha do Novembro Azul nasceu em 1999, na Austrália. Foi criada por um grupo de amigos que tiveram a idéia de deixar o bigode crescer durante todo o mês como apoio à conscientização da saúde masculina. A cor azul também está associada à campanha.

O mês de novembro foi o escolhido justamente por comemorar no dia 17 o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

Sobre o câncer de próstata

A próstata é uma glândula no aparelho reprodutor masculino com a função principal de produzir o esperma. O câncer de próstata é quando as células desse órgão começam a se multiplicar de forma desordenada.

Atualmente se recomenda que os homens iniciem a realizar exames de prevenção do câncer de próstata a partir dos 50. Em pacientes com forte histórico familiar, os exames de prevenção podem ser iniciados aos 40 anos.

O exame de toque retal é desconfortável, mas é rápido e não provoca dor. É um exame menos eficaz que o PSA, mas em mãos experientes, pode detectar o câncer em homens com níveis de PSA normais, razão pela qual é realizado no rastreamento do câncer de próstata.

Alerta: 95% dos casos de câncer de próstata já se encontram em estágio muito avançado e grave quando os sintomas começam a aparecer.

Sintomas

O câncer de próstata em estágio inicial geralmente não causa sintomas, enquanto em estágio avançado pode provocar alguns, como:

  • Micção frequente.
  • Fluxo urinário fraco ou interrompido.
  • Impotência.
  • Vontade de urinar frequentemente à noite.
  • Sangue no líquido seminal.
  • Dor ou ardor durante a micção.
  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.
  • Perda do controle da bexiga ou intestino devido a pressão do tumor sobre a medula espinhal.

Confira as fotos do evento:

Add Comment

R. Abílio Procópio, 64,
Jequié - BA, 45200-510